6 Problemas por Não Fazer o GAME DESIGN (GDD) | Fábrica de Jogos

Atualizado: 10/09/2021



Conheça os cursos do Fábrica de Jogos focados em Game Design: https://www.fabricadejogos.net/cursos

Você terá problemas por não fazer o game design (GDD). Vou te apresentar 6 problemas por não fazer o game design. São situações que você pode evitar, mas, caso opte por não fazê-lo, vai ter problemas futuros que irão gerar atrasos e retrabalho no seu jogo.

#gamedev #gamedesign #designjogos #designgames

Baixe o E-Book “18 Atributos para ser um Ótimo Game Designer”:
https://bit.ly/2VYbMgG

ou

https://www.fabricadejogos.net/e-book-18-atributos-para-ser-um-otimo-game-designer/?src=ebook18

Canal sobre game design, afiliado ao site Fábrica.

Site: http://www.fabricadejogos.net
Facebook: https://www.facebook.com/FabricaDJogos
Twitter: https://twitter.com/fabricadejogos
Instagram: https://www.instagram.com/fabricadjogos/
LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/f%C3%A1brica-de-jogos/

Contato: [email protected]

Participe de Nosso Grupo no Facebook: https://www.facebook.com/groups/fabricadejogos/

Participe do Nosso Servidor no Discord:
(devido a invasões em nosso servidor devido ao convite permanente, solicite o convite para mim via Instagram ou [email protected] )

Músicas:
http://www.incompetech.com
http://dig.ccmixter.org

Vídio no Youtube

5 Comentários

  1. Ótimo vídeo!!!

    Na minha carreira como profissional em TI, eu sempre tive o entendimento que coisas complexas são agrupamentos de varias coisas simples, por isso antes de entender o que é complexo é preciso que tenha um bom entendimento de cada coisa simples…Se o game design de seu jogo tem muitas ideias "Coisas simples" mas nada criado ou testado antes, então pode ter certeza que o seu game design além de complexo, ficará chato e difícil de acabar…o certo seria focar nessas coisas simples que quer implementar e ver qual é a mais viável e possível no projeto, antes de partir para a próxima ideia que você acha em teoria "simples".

    Eu mesmo, costumo gerar um algoritmo/fluxograma não só para a programação mas também para o game design, costumo desenhar e prototipar o level design das fases antes no Flash 8, que é o software vetorial, de animação e design que tenho mais experiência desde 2005…Então documento tudo em GDD, planilhas e textos no Google DOC…Depois testo a viabilidade de cada ideia, sobre a arte ou 3D que vou ter que fazer, se vai ser algo pratico, funcional e que de bons resultados, do contrário eu descarto antes mesmo de começar por em pratica na Unity.

    Como já dizia Einstein, "As melhores ideias, são as mais simples" e outra frase que sempre me motivou em toda minha vida "Especialista, é aquele que já cometeu todos os erros possíveis em algo que hoje domina"

    Falow!!!

  2. Existe o problema oposto, que é do "overplanejar", quando o designer planeja tanto, mas tanto, que quando executa, acaba descobrindo tardiamente que tudo aquilo que planejou não funcionava nada na prática, exigindo um retrabalho enorme envolvendo corte enorme de features e de readequação de escopo.

    Tem que existir um ajuste fino entre planejamento e execução.

  3. Não sei por onde começar a estudar só tenho 11 anos preciso de ajuda😢😢😢

  4. "Fazejamento" hahahaha Conheço muitos adeptos dessa forma de fazer jogos. E aí o jogo era simples mas demorou meeeses (ou anos) porque fez muitas coisas que jogou fora, muitos bugs, muitas reestruturações no meio do projeto… No final acaba sendo pior como vc disse no video. Resolver um problema na documentação é muuuuuito mais fácil do que depois de implementado, por isso tento tomar bastante cuidado nisso (E os problemas só se agravam se você está trabalhando em equipe, porque aí os outros também ficam meio perdidos).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *